Faça do seu alimento o melhor medicamento contra o coronavírus

Neste momento de pandemia mundial, tivemos de mudar as  atividades do dia-a-dia com restrição para ir ao trabalho ou à escola, socializar com amigos e familiares, participar de eventos públicos e muito mais. Todas as medidas do governo para acabar com a Pandemia causada pelo coronavirus, como fugir das aglomerações, usar mascara, lavar as mãos com frequência, devem ser mantidas.

Mas há uma coisa que podemos fazer para aumentarmos a nossa defesa orgânica contra substâncias irritantes, toxinas, infecções e câncer, que é o fortalecimento do nosso sistema imunológico, que está de serviço 24 horas por dia. É vital mantê-lo funcionando com eficiência máxima, porque é o sistema imunológico que vai nos proteger contra o coronavírus.

Para turbinar o seu sistema imunológico, você precisa ter um estilo de vida saudável, como dormir bem, fazer atividade física em casa durante 20 minutos e controlar o estresse. Entretanto, a melhor maneira de fortalecer o sistema imunológico do corpo é comer uma dieta nutritiva densa em micronutrientes, que fornece uma ampla variedade de fitoquímicos para o suporte imunológico. Agora, mais do que nunca, peço que você siga um estilo de comer saudável.

Nesse sentido, o café da manhã deverá ser mais reforçado. Além do café, mate ou suco de fruta, inclua também pão ou panqueca de aveia, tapioca com queijo minas padrão ou ricota, por exemplo. Pode adicionar nozes, castanha do Pará, amêndoas e algumas frutas. Algumas pessoas gostam de batata doce, mandioca e ovos.

Durante o almoço além do arroz integral e feijão inclua também pelo menos 4 a 5 tipos e legumes e verduras variadas. Os melhores temperos são gengibre, cúrcuma, orégano, alho, cebola, azeite extra virgem, ervas. Evite refrigerantes, adoçantes, excesso de álcool, frituras, doces, alimentos ultraprocessados e não abuse do sal.

À noite, tem espaço adicionar uma sopa, salada da verde, filé com legumes ou mesmo um sanduiche de tapioca ou pão integral com frango ou peixe e recheio de cenoura ralada, tomate, alface, rúcula, cebola, alho, beterraba ralada, salsa, cebolinha, azeite extra virgem, pepino e outros legumes. Procure fazer a última refeição até no máximo 20 horas e não durma muito tarde.

Quando passar esse período de quarentena, procure o seu médico nutrólogo para fazer um check up do seu organismo. Essa investigação pode ser feita através da avaliação dos nutrientes do sangue e exames complementares. Os possíveis desequilíbrios metabólicos podem ser corrigidos através de medicamentos, suplementos e um plano alimentar personalizado, que terá um efeito de melhora na eficácia do seu sistema imunológico contra a infecção do coronavirus.

Coma o alimento certo, de acordo com o seu perfil metabólico, para aumentar a sua defesa imunológica contra o coronavirus e outros agentes etiológicos que levam a doenças crônicas. Acredite na habilidade de cura do seu corpo, mas não  deixe de fazer o seu check up.